• Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Páginia Inicial Notícias Notícias Locais

Notícias Locais

Carnaval: Última noite promete muita diversão aos foliões de Sena

E-mail Imprimir PDF
Jota Alves em apresentação durante o Carnaval de Rua
O Carnaval de Rua 2015 realizado pela Prefeitura de Sena Madureira em parceria com empresários locais e da capital está alcançando um resultado satisfatório, principalmente em função da participação dos foliões. A festa popular foi iniciada quinta-feira passada e tem arrastado uma multidão para o local do evento – Rua Santos Dumont, Bairro do Bosque, em frente ao Caldeirão do Forró.
 
Com o lema ‘Carnaval bom é carnaval de rua’, a festividade conta com a participação de bandas e artistas locais e também com cantores que fazem sucesso em Rio Branco e em outros municípios.

Para esta terça-feira, 17, última noite do carnaval de Rua deste ano, as expectativas são das melhores. “Promete muita animação e entretenimento. Sem dúvida, essa foi uma parceria que está dando certo e quem ganha é a comunidade que teve de volta o carnaval de rua em Sena Madureira. Aproveitamos para convidar todos os moradores a estarem presentes mais uma vez, fechando com chave de ouro esse grande evento”, comentou o Dj Wagner Menezes, um dos organizadores da folia.

O secretário de administração e finanças do município, Astério Vieira, representou o prefeito Mano Rufino no evento e disse que a Prefeitura, dentro de suas possibilidades, está dando o suporte necessário ao evento. “O prefeito Mano Rufino teve a preocupação de se reunir com os empresários e firmar essa parceria. A comunidade está dando uma resposta positiva, participando com o espírito de paz e diversão. Isso é o mais importante”, ressaltou.
SENA_02
Na tarde de hoje haverá também o carnaval da terceira idade, com previsão para começar às 14 horas.

À noite, no palco oficial do carnaval 2015, bandas e artistas locais estarão encerrando a festa momesca.
 

Jorge Viana: “PT tem que reconhecer que tem problema, se não reconhecer, não tem cura”

E-mail Imprimir PDF
A senador Jorge Viana (PT) realizou uma entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (9), para falar de sua eleição para vice-presidência do Senado Federal. O evento foi organizado para o petista falar de suas expectativas em ocupar o cargo pela segunda vez consecutiva, mas ele não escapou de falar do escândalo da Petrobras, da instalação na nova CPI para investigar os acusados e da administração de seu irmão, o governador do Acre, Sebastião Viana (PT).
Viana_04
Jorge Viana acredita que o cargo de vice-presidente tem um peso político importante para o Acre. “É mais um instrumento que pode ser usado para trazer benefícios para o Estado, uma oportunidade para fazer com que o mandato seja colocado a serviço do povo”, diz o senador ao analisar que o país estaria passando por uma situação difícil. Para Viana, neste momento, os embates políticos deveriam ficar em segundo plano, focando apenas no país.

“É inadequado há poucos mais de três meses, falar em impeachment da presidente. Crise é natural em governos, é normal. Na época que FHC chegou ao segundo mandato, a situação era pior. Precisamos virar a página da eleição, impeachment é levar a disputa eleitoral para um terceiro turno. É precipitado instalar uma CPI quando a PF, o MPF e a Justiça fazem investigam tudo em absoluto sigilo, os deputados não teriam acesso aos documentos”, diz Viana.

Segundo o senador petista, o MPF deverá apresentar um posicionamento nos próximos dias, sobre o envolvimento de políticos na Lava Jato. “A lista é suprapartidária, com políticos tanto da base de governo, quanto da oposição. Pode ser que quem acusa neste momento, sente no banco dos réus como Acusado”, declara Jorge Viana, que também abordou as mudanças nas concessões de benefícios sociais aos trabalhadores brasileiros.

JV_en_fev“A situação, do ponto de vista econômico, não é tão ruim. A presidente Dilma não quer mexer em direitos sociais, mas estão sendo cometidos abusos. É preciso punir quem frauda o seguro desemprego. Um exemplo flagrante de frauda é o Seguro Defeso, que é pago para pessoas que moram em cidades que não têm rio. Sou contra que se tire direitos sociais, mas houve uma falha do governo que gasta R$ 40 bilhões pagando benefícios, quando cresce a geração de emprego”.

O petista esclarece que não é contra nenhum tipo de investigação, mas questiona o que ele classifica como banalização das CPIs. “Volto a repetir que não sou contra a nova CPI, mas a questão da Petrobras, já está sendo investigada pelos órgãos competentes. Sou contra, se a CPI for usada para fazer espetáculo político. Digo sem medo de errar, alguns dos políticos que estão assinando para criação desta comissão, poderão sentar no banco dos réus”.

Jorge Viana acredita que a presidente Dilma Rousseff errou ou foi mal orientada ao ficar mais de 30 dias sem falar. “Tem que falar, ninguém vai discordar de combate às fraudes. O governo está errando em não se comunicar. Isso geram um clima de enfrentamento que é muito ruim para o país. Acredito que Lula e FHC devem dialogar, não fazer um enfrentamento que não tem fim, isso não é bom para o Brasil, nem para a classe política que fica desacreditada”.

O parlamentar comentou o resultado de uma pesquisa realizada pelo Datafolha, onde a popularidade das principais lideranças políticas e partidos caiu pela metade. “A pesquisa fere de morte os partidos. O PT perdeu a preferência pela metade. A presidente Dilma e o governador de São Paulo também tiveram resultados negativos. O desprestigio dos partidos é uma coisa muito séria”, destaca Viana, ao atribuir o descredito político aos atos de corrupção.

A reforma política seria uma das formas para minimizar a corrupção no país, acredita Jorge Viana. “Se diminuir a quantidade de dinheiro, fica mais fácil investigar. Bilhões de recursos públicos já estão sendo colocados nas eleições através do fundo partidário. Sou contra a participação de empresas nas eleições. Tem propina, gente enriquecendo, tem. Vou continuar lutando para que seja feita uma ampla reforma política para que a campanha seja na base da proposta”.

Viana informa que estaria atuando como um interlocutor em diversas questões. O senador também admite que o PT estaria cometendo erros no cenário político nacional. “O PT tem que reconhecer que tem problema, se não reconhecer não tem cura. Temos a obrigação de sermos mais explícitos do que os outros partidos no combate à corrupção. Precisamos nos reencontrar, afinal nós chegamos ao poder com esta bandeira de combate aos atos falhos na política”.

O senador acredita que o maior desafio da administração de Sebastião Viana à frente do governo do Acre é fazer as coisas acontecerem na economia privada. “Os estados que dependem mais do governo vão sofrer. Medidas austeras estão sendo adotadas pelo governador do Acre. A economia vai piorar no primeiro semestres, mas deve se recuperar até o final de 2015”. Jorge Viana prevê ainda que será um ano muito difícil para as 22 prefeituras do Estado.
 
Fonte: AC24horas.com 
 

Em protesto, agentes penitenciários impedem visita no presídio de Sena Madureira

E-mail Imprimir PDF
A tarde desta quarta-feira, 04, começou tensa, depois que agentes penitenciários impediram a entrada de visitantes na penitenciária de Sena Madureira. Do lado de dentro do presídio, os internos iniciaram um princípio de motim, que em menos de duas horas foi contido pelos próprios agentes.
 
Mesmo assim, os cerca de 170 internos da referida unidade ainda tiveram tempo de queimar colchões, roupas e calçados, nos corredores dos pavilhões, e houve uma intensa batedeira de grades.

Logo depois a situação voltou à normalidade e vários presos, identificados causando vandalismo, foram transferidos a cela de sanção disciplinar, e irão responder por dano ao patrimônio público e outras infrações consideradas graves.

Os agentes afirmam que a manifestação da categoria é uma recomendação do sindicato estadual dos agentes penitenciários, que cobra mais segurança, condição de trabalho, e ainda, pela morte de dois agentes penitenciários assassinados somente este ano. “Nossos colegas foram assassinados covardemente e estamos em manifestação em todo o estado, como demonstração de união da categoria”, disse um agente.

O diretor da penitenciária de Sena, Aécio Lima, disse que a rotina de trabalho volta à normalidade a partir desta quinta-feira. “Queremos tranqüilizar a família dos presos que os agentes fizeram uma manifestação pacífica, e que tudo já está contornado. Tão logo o problema foi acalmado, retornamos a energia e o abastecimento de água nas celas”, afirmou.

Por conta do principio de motim, homens do corpo de bombeiros estiveram acompanhando o caso e apagaram algumas chamas de fogo. A PM acompanhou de longe a situação, mas não houve necessidade de ação por parte da polícia militar no presídio de Sena.
 
Por Edinaldo Gomes
Jornal Dimensão FM
 

TIAÕ VIANA GARANTE RECURSOS PARA ÁGUA TRATADA EM MANOEL URBANO E SANTA ROSA DO PURUS

E-mail Imprimir PDF

Os municípios do vale do Purus Manoel Urbano e Santa Rosa do Purus irão receber mais de 2 milhões em investimentos para captação e construção de nova Estação de Tratamento de água. Tudo isso foi possível graça ao esforço do governador Tião Viana e o diretor-presidente do DEPASA, Edvaldo Magalhães que não mediram esforços para a liberação de recursos junto a FUNASA.

DEPASA 

Novo Fornecimento de água é sempre uma demanda crescente nas cidades brasileiras. O aumento da população urbana gera a necessidade de se ofertar mais do líquido precioso. No Acre, com o programa Ruas do Povo, as redes de distribuição de água foram ampliadas de maneira significativa. Mas, são necessários reforços nas Estações de Tratamento de Água (ETA’s) para que o produto chegue com pressão suficiente na casa de todos os consumidores.

Ao longo dos últimos quatro anos, os técnicos do governo do Estado realizaram uma verdadeira operação para conseguir recursos junto à Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para construírem novos sistemas de captação e fornecimento de água no interior do Acre. Somente no início deste ano, o dinheiro foi liberado. Ao todo, são R$ 27 milhões para nove municípios.

saneamento-basico-infografico-agencia-typassos-PNG32 (1)“Foram quatro anos de luta. Foi necessário o governador intervir, em Brasília, junto à Funasa, Procuradoria-Geral Federal [PGF] e Advocacia Geral da União [AGU], para sensibilizar sobre a necessidade desses recursos para os municípios”, disse Dannya Coutinho, diretora de saneamento do Depasa.

O presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Henrique Pires, esteve no Acre esta semana para assinar os convênios com o governo do Estado e prefeituras que vão receber novas estruturas de captação de água e ETA’s. Os primeiros municípios contemplados serão Brasileia e Epitaciolândia.

A ETA de Brasileia, inaugurada em dezembro de 2013, foi projetada para atender também a cidade de Epitaciolândia. Com esse recurso, o Depasa vai melhorar a captação e também abastecer Epitaciolândia.

“Levar água limpa para as famílias é levar também saúde e qualidade de vida. Por isso, vamos agilizar tudo para que as obras em alguns municípios comecem a partir de abril. Nós queremos até junho de 2016 estar com todas as obras nos nove municípios concluídas e a população sendo atendida”, garantiu o diretor-presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães.

Fonte:Assessoria Depasa

 

Acre oferece mais de duas mil vagas no Sisu 2015 entre UFAC e IFAC

E-mail Imprimir PDF

Após a divulgação das notas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), os candidatos interessados em concorrer às vagas no ensino superior devem fazer a inscrição no Sistema de Seleção Unificado do Ensino Superior (Sisu), que inicia na próxima segunda-feira, 19 e vai até o dia 22 de janeiro. Mais de 60 mil acreanos fizeram o Enem 2014. As 2.070 vagas ofertadas pela Universidade Federal do Acre (Ufac) e pelo Instituto Federal do Acre (Ifac) colocam o Acre em 4º lugar, na região norte, com o maior número de vagas.

LOGO_IFAC_3_1 

Ao se inscrever, cada candidato pode indicar a ordem de preferência, duas opções de vagas em instituições de ensino superior e a modalidade da concorrência. Este ano a novidade é que ao invés de serem realizadas duas chamadas, O Sisu fará apenas uma convocação. Depois da inscrição, o próximo passo é manifestar interesse, acessando o sistema no período de 26 de janeiro a 6 de fevereiro.

A matrícula dos candidatos às vagas oferecidas pela Ufac, que forem convocados pelo Sisu, será realizada dias 30 de janeiro, 2 e 3 de fevereiro, das 8h às 17h, nos campus de Rio Branco e Cruzeiro do Sul. No caso das vagas para os cursos de Nutrição, Engenharia Elétrica, Saúde Coletiva, Letras – Espanhol, Jornalismo, Filosofia e as segundas turmas de engenharia florestal e medicina, serão ofertadas somente em maio.

Fonte: Contilnet 

 
Página 2 de 415

Enquete - VOTE!!!

O que você considera como a principal razão das dificuldades financeiras do município?